quarta-feira

"A alma é aquilo que o corpo recusa "
IN - Alain

3 comentários:

Otário disse...

blog genial.
só constatei um defeito: as janelas dos comentários deviam abrir em pop-up, para se poder continuar a ouvir a música que, desde mais, é excelente!

e sim, a afirmação de que alma é tudo o que o corpo recusa, faz sentido. as memórias restam sempre. e sendo a interior invisível, não se encontra na diferenciação da sociedade, ou seja, em contrapartida ao corpo, que tende a se uniformizar ou mudar consoante certa moda ou evolução.

Cry me a River disse...

Obrigada pelo elogio ao meu blog,
é fantástico quando alguém nos pode dar umas dicas
para melhorar, já fiz a alteração sugerida, tinhas toda a razão,
nem tinha dado por ela.
Quanto á tua análise é perfeita!

Cry me a River disse...

De Sindarin a 29 de Maio de 2009 às 14:37
Olá! Não consegui comentar no teu blog e lamento. Obrigada pelo entusiasmo pelo meu texto "A Cor dos meus dias" fiquei mto contente de teres gostado. Quanto a deixá-lo trazeres para pores no teu, é uma honra, só peço uma coisa que refiras que é de minha autoria. De resto estás à vontade para levá-lo. Vou tentar ñ me perder de ti, porque gostei da música (la Boheme) das tuas palavras e do mto que aqui vi de recordações. Um bj