segunda-feira

O Retiro da Alma


Há quem procure lugares de retiro no campo, na praia, na montanha; e acontece-te também desejar estas coisas em grau subido. Mas tudo isto revela uma grande simplicidade de espírito, porque podemos, sempre que assim o quisermos, encontrar retiro em nós mesmos. Em parte alguma se encontra lugar mais tranquilo, mais isento de arruídos, que na alma, sobretudo quando se tem dentro dela aqueles bens sobre que basta inclinar-se para que logo se recobre toda a liberdade de espírito, e por liberdade de espírito, outra coisa não quero dizer que o estado de uma alma bem ordenada. Assegura-te constantemente um tal retiro e renova-te nele. Nele encontrarás essas máximas concisas e essenciais; uma vez encontradas dissolverão o tédio e logo te hão-de restituir curado de irritações ao ambiente a que regressas.

Marco Aurélio (Imperador Romano), in "Pensamentos

Ilustração Paulo Neiva

7 comentários:

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

O Profeta disse...

Curiosamente sou Professor de Artes, também sei traduzir sentires como tu...


Doce beijo

Cry me a River disse...

Maravilhosa conjugação, digamos completa.
Brilhos Mágicos para ti.
Obrigada.

izzie disse...

Sabes?... Há uns tempos eu procurava incessantemente o retiro... mais pela paz de espírito.
Entretanto cruzei-me com pessoas que me mostraram a diferença que a energia, a Luz e as vibrações podem fazer a um lugar e a uma pessoa.
O "campo... praia" de que falas... pode ser um lugar por onde já passaste tantas e tantas vezes... se olhares para ele com outros olhos.
Mas sim... a mestria está em encontrar o retiro de nós próprios. E o desafio está em o aceitar e saber, conseguir voltar a ele. Porque, realmente, há dias, em que nada se assemelha a essa sensação.
(Para onde te posso enviar a borboleta?)
Beijo doce,

Cry me a River disse...

izzie
Pois é minha querida, eu também já fiz um percurso idêntico.
E tb encontrei uma alma maravilhosa que ma ajudou a olhar para a vida com outra perspectiva.
Passei a sentir o que via com sentimento, com o brilho das cores cheiros e sabores.
Quando atingi esse estado, percebi que me faltava saber estar comigo mesma.
O nosso interior é uma verdadeira gruta para se explorar.
Podes por favor enviar para bellsininho@gmail.com.
Vou estar uns dias de férias fica bem minha querida.

izzie disse...

Minha querida... também eu estive uns dias fora e voltei para descobrir que a imagem da borboleta já não se encontra no mesmo lugar.
Estou verdadeiramente triste porque queria muito deixá-la contigo, "dar-te" um pedacinho de mim.
Vou continuar a procura... espero que não fiques chateada.
Beijinho,

Cry me a River disse...

izzie
Chateada?
Não minha querida, de forma alguma.
Não te preocupes, tenho-a na minha lembrança.
Brilhos de borboleta para ti.