terça-feira

Pérolas



Pérolas são produto da dor, resultado da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia.

A parte interna da concha de uma ostra é uma substância lustrosa chamada nácar.

Quando um grão de areia penetra, as células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas para proteger o corpo indefeso da ostra.

Como resultado, uma linda pérola é formada.
Uma ostra que não foi ferida, de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

4 comentários:

Nuno G. disse...

metaforicamente sentido...
(www.minha-gaveta.blogspot.com)

Cry me a River disse...

Nuno G.
Agarro as minhas pérolas como medalhas.
Obrigada pelo comentário.

BEL disse...

Ler algo que sei desde os tempos de escola mas que agora fazem outro sentido quando aplicado à vida
Gostei
Bel

sininhobell disse...

Olá bel!
Fiquei algo surpresa,
Sabes porque?
Pelo teu nome.
Obrigada pela tua visita e comentário.